8 maus hábitos que temos no banho e que nos prejudicam sem sabermos

Sem contar seus incomparáveis benefícios para a higiene do corpo, o #banho costuma ser, especialmente quando comparado às atribulações do dia a dia, um momento de relaxamento, um oásis de tranquilidade no meio de um deserto de aborrecimentos. O que você talvez não saiba é que seu modo de tomar banho pode ter consequências importante para sua saúde e você, provavelmente, está cometendo algum erro. Listamos erros comuns relacionados ao banho:

1 – Tomar longos banhos

Quem não gosta de prolongar o prazer de um bom banho? Infelizmente, banhos longos eliminam a umidade natural da pele, o que pode deixá-la mais seca a longo prazo. Um banho não deve durar mais do que 10 minutos e, dentro de certos limites, quanto mais curto, menor.

2 – Deixar de tomar banho após fazer exercícios físicos

Eliminar o cheiro de suor está longe de ser a única razão para tomar banho depois daquela corrida ou de uma puxada série de musculação. O suor permite a proliferação de bactérias que causam promblemas de pele.

3 – Não lavar direito os pés

Não basta simplesmente contar com a água ensaboada que desce enquanto a parte superior do corpo é minuciosamente lavada. Os pés também precisam ser alvo de atenção e ser cuidadosamente lavados. Do contrário, fungos e bactérias proliferarão neles, com resultados adversos para a saúde. O espaço entre os dedos, particularmente, não deve ser esquecido nem na hora de limpar nem na de secar. Fique atento

4 – Deixar a ducha no box

Esse é dos erros mais comuns. Se a ducha não for mantida limpa e secada, nela proliferarão bactérias. Por isso, depois de usada, ela deve ser mantida em um lugar seco.

5 – Não tomar uma ducha de água fria de meio minuto no final

Ao final do banho, uma ducha de água fria de 30 segundos é uma boa ideia. Imersão em água fria tem sido associada pelos pesquisadores a benefícios tais como: um sistema imunológico mais forte, maior capacidade de queimar gorduras e maior resistência ao stress.

6 – Secar-se bruscamente

Esfregar a pele com muita força com a toalha prejudica as peles sensíveis, além de estimular a formação de rachaduras. O ideal é secar-se dando palmadinhas com uma toalha macia.

7 – Lavar os cabelos todos os dias

Não é bom lavar os cabelos todos os dias com shampoo. Duas vezes por semana para os cabelos longos e finos e uma vez por semana para os grossos e encaracolados é quanto basta.

8 – Enrolar os cabelos longos com a toalha

Um errado que prejudica um bocado os cabelos é enrolá-los na toalha. Em vez disso, deve-se retirar a umidade em excesso de maneira suave como explicado no item 6. Nada de esfregar os cabelos, isso deixa-os propensos a se quebrar e estimula a formação de nós. #coisas